“Que Pastoral hoje?” foi tema de reflexão da CIRP no Porto

A estrutura diocesana do Porto da Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal (CIRP) promoveu uma reflexão sobre pastoral juvenil e vocacional nos tempos de hoje.

No dia 14 de abril, com cerca de 80 participantes e a presença do bispo auxiliar do Porto, D. Joaquim Dionísio, a CIRP – Porto – propôs a 4 oradores uma conversa sobre “Que pastoral hoje?”. Uma reflexão sobre pastoral juvenil e vocacional nos tempos de hoje, tão diferentes e acelerados. Decorreu na Paróquia de Nossa Senhora da Boavista no Porto.

Os oradores, Catarina Lobo, psicóloga, Diogo Jesus, jovem comprometido e ativo na Paróquia de Moreira e Vigararia da Maia e membro do Conselho Diocesano, Irmã Ana Paula Franciscana de Nossa Senhora, Padre Filipe Resende Missionário Comboniano, com moderação de Marta Esteves, foram desafiados a apresentar a sua perspetiva dos jovens de hoje, procurando refletir sobre como se movimentam os jovens, o que desejam e sonham e como aderem ao compromisso cristão.

Os organizadores do encontro, na voz da Irmã Rosa Carreira, frisaram que o grande objetivo deste evento de conhecimento e partilha foi “caminhar em conjunto, para sermos uma Igreja sinodal e em missão”.

Por sua vez, D. Joaquim Dionísio dirigiu a todos palavras de incentivo sublinhando que o trabalho eclesial será sempre será duro, mas sempre dará frutos.

O encontro conclui-se com uma Eucaristia na Igreja paroquial de Nossa Senhora da Boavista precedida por um momento de lanche preparado pelos Jovens de São José Cluny, que partem em missão em breve e que apresentaram o seu projeto de educação e formação, na Guiné-Bissau.

(inf: CIRP-Porto)