“Igreja Portucalense”: já está disponível o novo fascículo

Acaba de ser sair o fascículo 63 do boletim da diocese do Porto «Igreja Portucalense», referente ao período de setembro a dezembro de 2023, reunindo em 207 páginas um conjunto de textos distribuídos pelas secções habituais.

Em «Da Sede de Pedro», a revista apresenta a crónica da Santa Sé referente ao período do fascículo, da autoria de José M. Pacheco Gonçalves, sob o título «Dinâmica sinodal: escutar, discernir, caminhar», marcada, entre outros assuntos, pela Assembleia Sinodal de outubro. A crónica é acompanhada por quatro documentos pontifícios de a ilustram, designadamente discurso à Assembleia geral ordinária do Sínodo dos Bispos e a carta apostólica «Ad theologiam promovendam».

Em «Atos Episcopais», reúnem-se cinco homilias e duas intervenções de D. Manuel Linda, bispo do Porto, respeitantes ao período do fascículo.

Em «Instâncias de Corresponsabilidade», o boletim acompanha, através de um comunicado da Comissão Permanente, a sessão do Conselho Pastoral Diocesano de 18 de novembro, na qual iniciou funções o novo Conselho recentemente eleito.

Em «Secretariados», dá à estampa textos sobre a programação do Secretariado Diocesano da Pastoral da Juventude e do Centro de Cultura Católica do Porto. Junta-se-lhes um texto do Secretariado Diocesano da Pastoral das Vocações sobre os Seminários diocesanos em 2023/2024, bem como dois artigos fornecidos pelo mesmo Secretariado sobre o repensar dos seminários e sobre o diaconado como vocação, respetivamente.

Na secção «Estudos», oferecem-se três artigos, respetivamente sobre a alegria cristã do ponto de vista bíblico, os ministérios instituídos numa Igreja sinodal e a problemática da fé dos jovens. Os dois primeiros, da autoria de Domingos Areais e de João da Silva Peixoto, resultam das conferências proferidas no Ciclo organizado pelo Centro de Cultura Católica e pelo Diaconado Permanente sobre as temáticas do Plano Diocesano de Pastoral 2023/2024.

Em «Figuras e factos», Agostinho Pedroso e João da Silva Peixoto evocam o Curso de Música Litúrgica no seu cinquentenário, e Ana Paula da Conceição alude ao 8º centenário do Natal de Greccio. Junta-se ainda o discurso sobre «A diaconia do diálogo e da unidade», proferido pelo Patriarca de Constantinopla, por ocasião do Doutoramento «honoris causa», conferido pela Pontifícia Faculdade Teológica da Itália Meridional, em novembro passado.

Em «Livros», Manuel Monteiro Mendes e José Augusto Nogueira de Oliveira apresentam respetivamente «O estilo transcendental no cinema» de Paul Schrader (Edições 70, 2023) e «A História de Deus com os homens e dos homens com Deus» de Domingos Areais (Paulinas, 2023).

O fascículo da revista encerra-se com «Registos – Cúria Diocesana», evocando os presbíteros e diácono falecidos e reunindo nomeações e decretos relativos ao período.

A «Igreja Portucalense», fundada por D. António Ferreira Gomes em 1970, publicou-se em 1ª série até 1984 e retomou a publicação a partir de 2003, por iniciativa de D. Armindo Lopes Coelho. Servindo de repositório de textos, documentos e legislação diocesana, bem como de legislação mais geral, interessa-se também pela informação e formação pastoral, designadamente a emanada ou referente às estruturas e organismos diocesanos, assim como pela reflexão e diálogo eclesial e com o mundo da cultura.

A assinatura anual, que integra três fascículos, pode ser realizada, pelo valor de 35 €, para o seguinte endereço: Igreja Portucalense | Casa Episcopal | Terreiro da Sé | 4050-573 PORTO. Contactos: Tel. 22 339 23 30 (rede fixa nacional); igrejaportucalense@diocese-porto.pt.

O fascículo avulso tem um custo de 12,50 €.

(inf: Igreja Portucalense, Boletim da Diocese do Porto)