Ovar na Rede Europeia de Celebrações da Semana Santa e Páscoa

D. Roberto Mariz esteve presente na inauguração da exposição “A Irmandade dos Passos e a Vila d’Ovar”. Sublinhou na ocasião a importante ligação entre o religioso e a cultura.

Em assembleia geral realizada na cidade espanhola de Lorca no dia 12 de março, o Pe. Victor Pacheco, Pároco de Ovar e o Dr. Alexandre Rosas, Vereador da Cultura da Câmara Municipal de Ovar, em representação da Comissão das Solenidades da Quaresma e Semana Santa de Ovar receberam das mãos de Sergio Velasco, Presidente da Rede Europeia, o certificado e a placa de membro da Rede Europeia de Celebrações da Semana Santa e Páscoa.

A cidade de Ovar marcada por um património religioso de grande qualidade artística, vive, há vários séculos, com fervor e intensidade, as principais datas do calendário litúrgico, em especial a época quaresmal. Encerrado o tempo do Entrudo, inicia-se um período de recolhimento e reflexão, em que a comunidade vive e demonstra a sua Fé.

No centro histórico da Cidade, as tradições e devoções associadas à Quaresma têm propiciado a construção de um legado de incomparável valor cultural, especialmente nas procissões quaresmais realizadas anualmente. O ponto alto das celebrações religiosas é a realização das habituais Procissões Quaresmais, que têm início pela dos Terceiros e a que se seguem a da Transladação, dos Passos, Ecce-Homo, Via-sacra e, por fim, a do Enterro do Senhor.

Integrar a Rede Europeia, é para a Comissão das Solenidades da Quaresma e Semana Santa de Ovar, o desafio de continuar a promover e difundir o património cultural, tanto material como imaterial, relacionado com as celebrações da Quaresma e Páscoa através de ações que destaquem o valor deste património, que crie impulso em torno do desenvolvimento turístico sustentável e contribua para a salvaguarda do património imaterial através de um trabalho científico e de investigação.

A Rede Europeia de Celebrações da Semana Santa e Páscoa foi criada em 2019 e dela fazem parte inúmeros municípios de diversos países, como: Espanha, Itália, Malta, Croácia, Eslovénia e Portugal.

Entretanto, foi inaugurada no sábado dia 16 de março a exposição “A Irmandade dos Passos e a Vila d’Ovar” que está patente até 7 de abril no Centro de Arte de Ovar.

D. Roberto Mariz, esteve na inauguração e felicitou a Comissão da Quaresma e Solenidades da Semana Santa de Ovar pela iniciativa e pela adesão da Comissão à Rede Europeia de Celebrações da Semana Santa e Páscoa.

Na ocasião o bispo auxiliar do Porto assinalou a importante ligação entre o religioso e a cultura. “Os 2 mil anos de fé cristã estão profundamente marcados pela relação com a cultura; como expressão do religioso e como interpelação da espiritualidade”, disse D. Roberto Mariz.

Sublinhou também “a dimensão económica das dinâmicas em torno das celebrações da Quaresma, Semana Santa e Páscoa” que “são uma realidade cada vez mais presente”.

Esta exposição procura revelar à comunidade a importância da Irmandade de Nosso Senhor dos Passos de Ovar presente na cidade desde 1572 e o seu contributo na identidade da cidade.

(inf: Comissão das Solenidades da Quaresma e Semana Santa de Ovar)