Misericórdia do Porto celebra 525.º aniversário

A Misericórdia do Porto comemora, no dia 14 de março de 2024 (quinta feira), data em que a Instituição comemora os 525 anos da sua fundação, um Colóquio comemorativo, que irá decorrer no Auditório D. Pedro IV, no palacete Araújo Porto (Rua Joaquim Vasconcelos, 79, no Porto), que recentemente foi contemplado com o Prémio Nacional de Reabilitação Urbana. A participação no Colóquio está sujeita a inscrição obrigatória, mas gratuita.

Inicia-se às 9h, com a acreditação, seguindo-se a abertura, pelo Provedor António Tavares e Francisco Ribeiro da Silva, seguindo-se as conferências: de Isabel dos Guimarães Sá (“A Misericórdia do Porto e os defuntos dos impérios ibéricos”) e Francisco Ribeiro da Silva (“525 anos da Misericórdia do Porto: traços identitários no tempo longo”, com moderação de Manuel Pinto Teixeira.

A segunda sessão, com início às 11h, sob moderação de Helena Osswald, inclui conferências de Inês Amorim (“Comunidade(s) e Vulnerabilidade(s) – o observatório da Misericórdia do Porto”), António Marques Rodrigues (“A certeza da morte e a incerteza do Céu: os legados pios nos testamentos da Misericórdia do Porto (1750-1777)”;  Beatriz Camões (“A prostituição e as doenças venéreas no Hospital de Santo António do Porto: o ano de 1889”),  Rita Alexandra Ferreira Costa (“Os recolhimentos femininos como espaços de transição: uma análise comparativa entre o Recolhimento de Órfãs de Nossa Senhora da Esperança e o Real Recolhimento da Rainha Santa Isabel do Anjo (1672-1837)”).

De tarde, sob a moderação de António Monteiro, Paula Sofia Fernandes falará de “Ascender socialmente sob o manto de Nossa Senhora da Misericórdia”,  Vitor Serrão apresentará “A Misericórdia do Porto: cinco séculos de Arte e Arquitectura”. Em seguida, sob moderação de Nuno Oliveira, Mariano Cabaço apresenta “Misericórdias – Um Património com Identidade”, e Fernando de Sousa lembra “Os Provedores da SCMP ao tempo das Cortes Constituintes (1820-1823)”. Todas as sessões têm um tempo de debate.

A sessão de encerramento terá a palavra de Francisco Ribeiro da Silva e de Francisco Castelo Branco.

Inscrições até ao dia12 de março.

(imagem: Misericórdia Porto)