Papa lança grupos de estudo sobre temas propostos pela primeira sessão sinodal

Trabalhos envolvem dicastérios da Cúria Romana, sob coordenação da Secretaria Geral do Sínodo

O Papa decidiu criar grupos de estudo sobre os temas propostos pela primeira sessão sinodal, em outubro de 2023, que envolvem os dicastérios da Cúria Romana, sob a coordenação da Secretaria Geral do Sínodo.

O documento, publicado no sábado dia 17 de fevereiro pela Santa Sé, determina que “os dicastérios da Cúria Romana colaborem, segundo as respetivas específicas competências, com a atividade da Secretaria Geral do Sínodo”, constituindo grupos de estudo que “iniciem, com método sinodal, o aprofundamento de alguns dos temas” que surgiram na primeira sessão desta assembleia sinodal.

“Estes grupos de estudo deverão ser constituídos de comum acordo entre os dicastérios competentes da Cúria Romana e a Secretaria Geral do Sínodo, à qual é confiada a coordenação”, indica o quirógrafo (documento pontifício).

A segunda sessão da XVI Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos vai realizar-se de 2 a 27 de outubro deste ano, dando seguimento ao debate sobre o tema “Por uma Igreja sinodal: comunhão, participação e missão”.

O relatório de síntese da primeira sessão pedia “iniciativas que permitam um discernimento partilhado sobre questões doutrinais, pastorais e éticas que são controversas, à luz da Palavra de Deus, do ensinamento da Igreja, da reflexão teológica e valorizando a experiência sinodal”.

(inf: Agência Ecclesia)