Ecumenismo na cidade do Porto

Desde os anos sessenta do século passado, que o Ecumenismo – movimento suscitado pelo Espírito Santo que visa a unidade visível dos Cristãos – na cidade do Porto, tem um dinamismo particular no contexto Português, pois vários clérigos e leigos, tocados pela causa da busca da unidade entre os cristãos, empreenderam diversas iniciativas ecuménicas, que em cada geração produziram frutos.

A atual Comissão Ecuménica do Porto, constituída no ano 2005, composta por clérigos e leigos, foi beber a sua razão de ser às raízes, numa cidade que foi, é, e quer ser “Porto Ecuménico”, onde a promoção de pontes entres as Igrejas, acontece através de propostas regulares patentes no Roteiro Ecuménico de Oração da cidade (www.ecumenismoporto.org).

O encontro realizado a 27 de novembro de 2023, promovido pela Comissão Ecuménica, teve como principal objetivo reunir os líderes das Igrejas de sensibilidade ecuménica da cidade e, num clima de oração e partilha de visões, refletir sobre a atualidade e apontar caminhos de unidade e missão para o ano 2024.

O devocional de abertura, sustentou-se nos materiais preparados para a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos do ano 2024, que tem como tema “Amarás o Senhor teu Deus… e ao teu próximo como a ti mesmo” (Lc 10,27).

Numa ambiência de confiança e fraternidade, D. Manuel Linda, Bispo da Diocese do Porto da Igreja Católica Romana, partilhou a sua preocupação sobre a problemática da solidão, diversas formas de violência e o número crescente dos sem abrigo na cidade.

Já o Bispo D. Jorge Pina Cabral, da Igreja Lusitana – Comunhão Anglicana e presidente do COPIC – Conselho Português de Igrejas Cristãs, referiu o tema das migrações e o seu impacto nas comunidades religiosas, bem como o ano 2024, ano da celebração do 50º aniversário do 25 de abril e a liberdade religiosa em Portugal.

O Bispo Sifredo Teixeira, da Igreja Evangélica Metodista Portuguesa, Bispo fundador da atual Comissão Ecuménica, compartilhou a sua visão sobre a importância do testemunho credível dos cristãos, recordando o sonho do Bispo Católico, D. Armindo Lopes Coelho, em disponibilizar um espaço físico na cidade do Porto, que diariamente fosse expressão concreta do ecumenismo, no louvor, testemunho e serviço. Numa referência à importância do trabalho com a juventude, desafiou a Comissão Ecuménica a ajudar no relançar dos encontros entre as juventudes das Igrejas e lembrou os cantares de natal na cidade do Porto que se realizavam por altura do Natal.

Seguiu-se um tempo de diálogo que culminou com um jantar na Casa Diocesana de Vilar.

A Celebração Ecuménica ao nível do grande Porto será no dia 25 de janeiro de 2024, último dia do Oitavário de Oração, pelas 21h30, na Paróquia Lusitana do Redentor (Rua Visconde Bóbeda, 54, Porto).

(inf: Reverendo Sérgio Alves, Membro da Comissão Ecuménica do Porto)