Celebrar e agradecer o dom da vida

Na manhã do dia 08 deste mês, a bela e grandiosa igreja de Nossa Senhora da Lapa, na cidade do Porto, acolheu muitas dezenas de fiéis pertencentes às Forças Armadas e às Forças de Segurança, provenientes de vários pontos da região, para a celebração da Eucaristia.

Trata-se de uma celebração anual, entre outras que acontecem por cá e noutras partes do país, que congrega a diversidade das forças existentes e que, nesta época do ano, evoca a memória dos membros já falecidos, louvando o Senhor da Vida e rogando pelo seu eterno descanso.

A preparação desta celebração foi este ano assumida pela PSP, cumprindo uma rotatividade que a todos responsabiliza e enriquece. Louvamos, neste particular, a participação do grupo coral da PSP que a todos ajudou a rezar pela forma singular como cantou.

Presentes estiveram também muitos Capelães, a que se juntou o reitor da igreja da Lapa, Pe. Pedroso. Presidiu à celebração D. Joaquim Dionísio, bispo auxiliar do Porto, que na homilia proferida sublinhou o convite à santidade que o nosso Deus dirige de todos, bem como a importância da esperança, anunciada e testemunhada, nos tempos que são os nossos.

A celebração da fé é sempre um tempo de graça, de compromisso e de tomada de consciência dos muitos dons recebidos de Deus. Mas este dia foi também de ação de graças pelas muitas vidas que cumpriram a missão de promover a paz e de defender o bem comum e que o Senhor já acolheu na eternidade.