Operação do Papa concluída, realizada sem complicações

A internação durará vários dias para permitir o normal decurso pós-operatório e a plena retomada funcional. A Sala de Imprensa vaticana confirma que estão suspensas todas as audiências do Papa Francisco até o dia 18 de junho.

O Papa Francisco já foi operado: segundo novo comunicado da Sala de Imprensa da Santa Sé, a cirurgia durou três horas e realizou-se sem complicações.

Pela manhã, Sala de Imprensa da Santa Sé divulgou o seguinte comunicado:

“No final da Audiência Geral, o Santo Padre se dirigiu ao Hospital Universitário A. Gemelli onde, no início da tarde, será submetido a uma laparotomia e a uma cirurgia plástica da parede abdominal com prótese, sob anestesia geral. A operação, planejada nos últimos dias pela equipe médica que assiste o Santo Padre, tornou-se necessária devido a uma laparocele encarcerada que está causando síndromes suboclusivas recorrentes, dolorosas e agravadas. A permanência no hospital durará vários dias para permitir o curso normal do pós-operatório e a recuperação funcional completa.”

O diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Matteo Bruni, informou que por precaução todas as audiências estão suspensas até 18 de junho.

Mensagens de proximidade

Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), unida a todos os que elevam suas preces pelo sucesso da operação que o Santo Padre está sendo submetido hoje, invoca a Virgem Maria, Nossa Senhora Aparecida, para que interceda pelo Papa Francisco dando a ele completo reestabelecimento da saúde. Que ele seja cada vez mais fortalecido na sua missão.

Comunidade de Santo Egídio expressa todo o seu afeto e proximidade ao Papa Francisco unindo-se às orações de toda a Igreja pelo bom êxito da cirurgia e pela rápida recuperação de sua saúde. Esperamos o senhor em breve no pleno exercício do seu ministério de pastor, um ponto de referência precioso para muitos.

Conferência Episcopal Italiana (CEI) manifesta ao Papa Francisco, a proximidade e o afeto dos bispos e da Igreja na Itália. Em mais esse momento de provação, a presidência se une em torno do Santo Padre e convida as comunidades eclesiais a apoiá-lo com a oração. Com os melhores votos de uma rápida recuperação, confia ao Senhor o trabalho dos médicos e dos demais profissionais da saúde.

O presidente da Fraternidade de Comunhão e Libertação, Davide Prosperi, ao ouvir a notícia da operação à qual o Papa Francisco será submetido hoje no Policlínico Gemelli, afirmou: ”Todo o movimento de Comunhão e Libertação está próximo com muito afeto ao Papa Francisco e se une a orações pela sua saúde e pelo bom êxito da cirurgia. Com os sinceros votos de que possa se recuperar em breve e voltar a nos testemunhar a sua orientação paterna no caminho de fé de toda a Igreja”.

A presidência nacional da Ação Católica Italiana e a Associação como um todo estão mais uma vez unidas com a oração e o afeto carinhoso de filhos ao Papa Francisco. Confiando numa rápida e plena recuperação, as crianças, os jovens e adultos da Ação Católica abraçam idealmente o Santo Padre, elevando orações e súplicas ao Senhor para que com a ajuda de sua graça apoie e console nosso querido Papa Francisco durante sua convalescença pós-operatória e para que logo recupere a saúde para exercer plenamente o seu ministério de pai e pastor. Confiamos também ao Senhor o trabalho dos médicos e de demais profissionais da saúde que, com paixão e amor, cuidarão do Santo Padre. Estamos certos de que também nesta ocasião o Papa Francisco nos ensinará a enfrentar o sofrimento apoiados na fé e na esperança cristã.

Diocese de Roma também se une em torno do Santo Padre invocando a bênção do Senhor para sua rápida recuperação.

(inf: Vatican News)