Ucrânia. Apoio aos refugiados: diocese do Porto assinou protocolo de cooperação com a Segurança Social

Acordo foi celebrado no âmbito do acolhimento de refugiados ucranianos no Seminário do Bom Pastor.

No âmbito da ajuda aos refugiados da guerra na Ucrânia, o bispo do Porto revelou, na sua nota de dia 7 de março, que “a Diocese do Porto e as suas instituições estão a organizar um programa de acolhimento”.

No seguimento dessa decisão, na sexta-feira 11 de março, foi assinado um protocolo de cooperação entre a diocese do Porto e a Segurança Social, para um espaço de acolhimento coletivo de refugiados da Ucrânia. O Seminário do Bom Pastor em Ermesinde é o local escolhido, sendo utilizado um dos seus pavilhões.

Este espaço serviu de retaguarda de apoio aos doentes covid-19 na fase mais aguda da pandemia. Estará agora preparado com 70 camas para acolher os refugiados da guerra na Ucrânia.

Será a Obra Diocesana de Promoção Social (ODPS), em nome da diocese do Porto, a dar enquadramento de preparação e direção do espaço, bem como todo o apoio logístico.

Na assinatura do protocolo esteve a Dra. Rosário Loureiro, diretora adjunta da Segurança Social, do Centro Distrital do Porto e o padre Luís Brito pela ODPS. A diocese do Porto foi representada pelo padre Samuel Guedes, ecónomo diocesano.

O bispo do Porto e a diocese do Porto agradecem à Ministra do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social, Ana Mendes Godinho, a assinatura deste acordo de cooperação.

Recordamos que a Cáritas Diocesana do Porto vai também colaborar neste serviço de acolhimento dos refugiados ucranianos. Está também prevista a possibilidade do apoio pedagógico do Colégio de Ermesinde, em particular, para as crianças ucranianas que chegarem ao Seminário do Bom Pastor.

RS