Jovens têm “pressa” de viver a Jornada Mundial da Juventude 2023

JMJ 2023 já tem hino. Na diocese do Porto a atividade JMJ de janeiro foi um êxito de participação, superando as expectativas.

“Há pressa no ar” é o título do hino da JMJ 2023 tomando inspiração no tema proposto pelo Papa: “Maria levantou-se e partiu apressadamente”. A canção foi composta por duas pessoas da diocese de Coimbra: o padre João Paulo Vaz e o músico Pedro Ferreira. Nas dioceses de Portugal continuam as atividades dos dias 23. No Porto, na iniciativa online de janeiro, estiveram cerca de seis centenas de participantes, superando todas as expectativas. E com vontade de continuar.

Por Rui Saraiva

Foi apresentado na quarta-feira, 27 de janeiro, o hino oficial da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) de Lisboa 2023.  “Há pressa no ar” é o título.

A canção inspira-se no tema da Jornada “Maria levantou-se e partiu apressadamente” e desenvolve-se em torno do ‘sim’ de Maria e da sua pressa para ir ao encontro da prima Isabel, como relata a passagem bíblica.

O hino tem letra do padre João Paulo Vaz e música de Pedro Ferreira. Os arranjos são de Carlos Garcia.

Os autores do hino

Tem 41 anos, e assina a música deste hino da Jornada Mundial da Juventude em edição portuguesa. Pedro Ferreira é professor de educação musical e começou a interessar-se por música com 13 anos de idade.

A música deste hino surgiu antes da letra e começou a desenhar-se através “de uma procura de notas pensadas para serem passos” – explica Pedro Ferreira aludindo à caminhada que os jovens farão até à grande Jornada de 2023.

João Paulo Vaz é sacerdote da diocese de Coimbra e tem 51 anos. Escreveu a letra deste hino e, precisamente, no mês em que completa 25 anos de ordenação sacerdotal, recebeu a notícia da escolha da canção para a JMJ.

As JMJ são “um marco” na vida do padre João Vaz que sublinha ter sido “uma surpresa” pois “não esperava aquela notícia” de ter sido escolhida a canção que escrevera.

Segundo o padre João Paulo Vaz a letra ganha muito com o poder dos arranjos do músico Carlos Garcia.

Hino escolhido entre mais de cem candidaturas

Ao cantar o hino escolhido, os jovens de todo o mundo são convidados a identificarem-se com Maria, dispondo-se ao serviço, à missão e à transformação do mundo. A letra evoca também a festa da JMJ e a alegria centrada na relação com Deus.

A agora canção oficial da JMJ Lisboa 2023 foi escolhida em concurso nacional, aberto à participação de portugueses maiores de idade. O Comité Organizador Local (COL) recebeu mais de uma centena de candidaturas, que foram analisadas por um júri composto por profissionais das áreas da música e das artes.

O tema foi gravado, em duas versões: em português e na versão internacional em cinco idiomas (português, inglês, espanhol, francês e italiano).

As edições internacionais da Jornada Mundial da Juventude nasceram por iniciativa do Papa João Paulo II e são um grande acontecimento religioso e cultural que reúne centenas de milhares de jovens de todo o mundo. A primeira edição aconteceu em 1986, em Roma. Em 2023 será em Lisboa.

Quizz Bíblico online, um êxito de participação no Porto

Entretanto, nas dioceses de Portugal continuam as atividades dos dias 23. Na diocese do Porto na edição o0nlien de janeiro, decorrei, no dia 23, O QB de Fé, um Quizz Bíblico. Uma iniciativa que superou todas as expectativas juntando cerca de seis centenas de pessoas, em caminho rumo à Jornada Mundial da Juventude de 2023.

A noite preparada pelo Secretariado Diocesano da Pastoral Juvenil, propunha um jogo (quizz) de perguntas sobre a Bíblia. Podia ser jogado na plataforma QUIZZIZ e acompanhado pelo zoom ou youtube. Além do jogo estavam pensados momentos de oração e acolhimento, recordando alguns momentos desta próxima JMJ, desde o anuncio, há dois anos no Panamá, e a entrega dos símbolos aos representantes do Porto, em Roma, no domingo de Cristo Rei.

Os números apurados são extraordinários. Durante mais de duas horas participaram cerca de 600 pessoas em modo online. Foi necessário utilizar três plataformas de modo a que fosse possível chegar a todos: zoom, teams e ainda youtube em streaming.

Entre jovens, catequistas, escuteiros, grupos de acólitos e famílias inteiras, estiveram muitos participantes de outras dioceses: Lisboa (Amadora), Portalegre, Castelo Branco, Évora. De destacar a presença de jovens a partir do estrangeiro: um que acompanhou a partir de Itália, ligado aos jovens passionistas e ainda um jovem espanhol.

Um quizz que reuniu famílias inteiras e grupos como comprovam as mensagens recebidas. Muito participantes estavam ligados em rede com o seu grupo de catequese, acólitos, jovens ou com a sua família.