Taizé: Comunidade celebra 80 anos da sua fundação

Foto. Rui Saraiva

Evento será assinalado online de 28 a 31 de agosto. Encontro Europeu de Jovens de final de ano foi adiado para 2021.

Foi em França, a 20 de agosto de 1940, que Roger Schutz, um jovem pastor calvinista suíço de 25 anos, chegava pela primeira vez a Taizé. Ali sentiu que devia ficar. Tinha encontrado aquilo que procurava e, assim, iniciou uma vida em comunidade. Começou por acolher refugiados de guerra e pessoas em dificuldade. O primeiro e pequeno grupo transformou-se hoje numa grande comunidade monástica que reúne católicos e protestantes de cerca de trinta países. Procuram em cada dia realizar o sonho do fundador, Irmão Roger, que é ser “uma parábola de comunhão, fermento de reconciliação na família humana”.

“Penso que, desde a minha juventude – escreveu o Irmão Roger – nunca perdi a intuição de que uma vida em comunidade pode ser um sinal de que Deus é amor; só amor. Pouco a pouco crescia em mim a convicção de que era essencial criar uma comunidade de homens decididos a dar toda a sua vida, e que procurassem sempre compreender-se mutuamente e reconciliar-se: uma comunidade onde a bondade do coração e a simplicidade estivessem no centro de tudo”.

Para celebrar este 80º aniversário, a Comunidade programou alguns eventos em Taizé, entre os quais a iniciativa “Sempre a caminho, nunca desenraizados”. O encontro, devido à pandemia do coronavírus, será realizado online de 28 a 30 de agosto. A programação inclui momentos de oração e celebrações ecuménicas, reflexões bíblicas, conferências e encontros virtuais subdivididos em grupos de trabalho. Também é esperada a intervenção do Irmão Alois, atual prior da Comunidade.  O evento online é aberto a jovens entre 18 e 35 anos.

Encontro Europeu adiado para 2021

Entretanto, também devido à pandemia de coronavírus o Encontro Europeu de Jovens de final de ano foi adiado para 2021. Assim, o 43º Encontro Europeu de Jovens decorrerá em Itália na Arquidiocese de Turim de 28 de dezembro de 2021 a 1 de janeiro de 2022.

A iniciativa do encontro naquela cidade italiana da região do Piemonte nasceu no contexto do compromisso ecuménico de Turim. O primeiro convite data de 2017 e foi assinado pelos líderes das Igrejas Valdense, Batista, Ortodoxa romena, Evangélica Luterana, Adventista, juntamente com o arcebispo Cesare Nosiglia e os responsáveis pelas Comissões Católica e Evangélica para o Ecumenismo, o Secretariado Atividades Ecuménicas e os jovens dos grupos que fazem referência à comunidade de Taizé.

Maiores informações sobre a próxima edição podem ser encontradas nos sites www.upgtorino.itwww.sindone.orgwww.taizetorino.it.

RS com Vatican News