Padre Nuno Soares celebrou 60 anos de pároco

Uma vida de dedicação à Paróquia de S. Martinho de Barca-Maia.

No passado dia 1 de janeiro assinalou-se o 60º aniversário da presença dedicada do reverendo padre António Nuno Vieira Soares na Comunidade Paroquial de S. Martinho de Barca. Os paroquianos, numa manifestação de gratidão e de carinho para com o seu pároco, que ao longo de seis décadas foi um exemplo de entrega contínua à vida pastoral, organizaram a comemoração desta efeméride, a qual decorreu no domingo, dia 19. Do programa constou uma missa solene, seguida de almoço- convívio.

Com a igreja repleta de paroquianos e amigos que se quiseram associar a esta homenagem, na Eucaristia foram vividos muitos momentos de emoção. Logo no início, houve comoção com as palavras que o Padre Nuno dirigiu aos seus paroquianos, em que salientou a sua sentida gratidão a Deus Pai e a Nossa Senhora que sempre o acompanharam no seu ministério, agradecendo-Lhes, também, pelo povo que lhe foi confiado.

A homilia, feita pelo padre Vítor Ramos, cuja presença muito honrou os fiéis, foi também emocionante, pois, de uma forma simples, mas profunda, este salientou que todo o cenário que se estava a presenciar e a viver na casa de Deus, era a melhor forma de expressão de amizade e de reconhecimento do povo para com o seu pastor e que “Uma imagem, vale por muitas palavras”.

Já no final da celebração, mais uma vez, a emoção veio ao rubro quando foi oferecida ao sr. padre uma prenda muito singela, mas com muito significado: uma Oração de Ação de Graças personalizada que lhe foi dedicada, agradecendo a Deus por lhe ter confiado a incomensurável missão de evangelizar o seu povo, invocando, também, a proteção divina para que este possa continuar o seu ministério por muito tempo e com muita saúde.

Como forma de lembrar todos os que fizeram parte da comunidade paroquial e que já partiram ao encontro do Pai, seguiu-se uma romagem ao cemitério.

Após as cerimónias religiosas, decorreu o almoço-convívio numa quinta local que contou com mais de 250 pessoas, as quais participaram muito dignamente na confraternização, promovendo um clima de sã amizade e de diálogo fraterno.

Houve, ainda, um excelente momento musical levado a cabo por uma promissora jovem fadista e por uma fadista conterrânea.

O Conselho Paroquial agradece a todos os que se associaram a esta homenagem e que, de alguma forma, contribuíram para que este dia se tornasse numa data inesquecível.

(inf: Conselho Paroquial Pastoral de S. Martinho de Barca)