CCC: Ciclo A Igreja em saída apresenta “Viagem pela Igreja de Francisco” (6 nov.)

Foto: Vatican News

A 6 de novembro, às 21 horas, no Centro de Cultura Católica, prossegue o ciclo A Igreja em saída: Viagem pela Igreja de Francisco, organizado pelo CCC, conjuntamente com a Formação do Diaconado Permanente e o Secretariado Diocesano das Missões, em sintonia com o lema do ano 2018/2019 e no contexto do Ano Missionário especial (outubro de 2018-outubro de 2019).

O ciclo apresenta o estilo pastoral do papa Francisco e o seu modo de ver a missão da Igreja, recorrendo a documentários comentados. Na próxima sessão será projetado o documentário Cruzes e esperanças do mundo. Quantas e quais são hoje as Cruzes no mundo? Onde é que as Cruzes interrogam crentes e não crentes? Porque é que, apesar das guerras, perseguições, migrações, desequilíbrios sociais, violências, as Cruzes podem gerar esperanças? As cruzes do Mediterrâneo, com o êxodo de migrantes que arrisca transformá-lo no maior cemitério de todos os tempos, e com a história do P. Mosè Zerai, o sacerdote eritreu que há anos salva vidas e almas (já candidato ao Nobel da Paz).

A experiência das prisões no Brasil, onde um grupo de católicos animou as APAC, uma experiência social que vê os detidos descontarem a pena e retomarem a sua vida com a ajuda das famílias e das associações de voluntariado. As Cruzes nas esquinas das ruas, onde, hoje, jovens desesperados, fi lhos de mil esperanças, homens e mulheres perdem casas e trabalho; onde famílias destruídas pela crise económica procuram uma identidade perdida. Aí a fundadora da Comunidade Novos Horizontes escuta, acolhe, ajuda. Um olhares sobre Palermo, onde o novo arcebispo, Corrado Lorefi ce, querido pelo Papa Francisco, oferece, em cada dia, à comunidade, a Cruz da legalidade, com exemplos civis e cristãos de esperança. Entramos ainda nos Museus do Vaticano, onde o tema da Cruz, representado e exposto, se torna síntese de épocas e de espiritualidade.

Dos sarcófagos cristãos a Caravaggio e Vangogh, com a diretora dos Museus, Barbara Jatta, refl ete sobre o modo como a arte nos museus mais fascinantes do mundo é também instrumento de evangelização. Estas e outras histórias, numa viagem por imagens e testemunhos sobre o símbolo do cristianismo que a todos reenvia ao coração da fé. A Cruz anuncia um acontecimento que mudou a história do homem.

O P. Alípio Barbosa, diretor do Secretariado Diocesano das Missões e pároco de Gondomar (São Cosme), introduzirá e comentará a projeção. A entrada é livre, não sendo necessária qualquer inscrição.