Festa do Idoso na Vigararia de Lousada

No dia 15 de julho, a Vila de Lousada foi, mais uma vez, palco do Encontro Vicarial de Idosos, Doentes e Frágeis. Este encontro é o culminar de um ano de trabalhos na Pastoral da Caridade Vicarial, nele centenas de idosos, doentes e frágeis tiveram a oportunidade de viver uma tarde diferente, num momento de convívio que conseguiu congregar elementos da pastoral da caridade de diversas paróquias da vigararia. Este ano, o tema, mais uma vez, surge em sequência da campanha diocesana: “Movidos pelo Amor que se entrega na Cruz, a alegria do Evangelho é a nossa missão, com Maria nossa Mãe a proteger-nos, chegaremos até ao Céu”.

Foi gratificante juntar, nas instalações da Escola Secundária de Lousada, aproximadamente 300 pessoas (idosos, doentes e frágeis e os seus acompanhantes familiares, cuidadores e voluntários) e presenciar a alegria estampada no rosto que resulta do reconhecimento de se sentirem amados e cuidados.

O encontro foi realizado em três momentos distintos e integrados. No primeiro momento foi feito um a colhimento por parte das crianças, dos jovens (ACR), das entidades públicas (Câmara, Centro de Saúde, GNR, Bombeiros, Escola Secundária), por uma entidade social em nome de outras entidades (Casa da Boa Vista), e pelas entidades religiosas o Vigário (Pe. André), o Sr. Padre Lemos e os Diáconos (Agostinho Teixeira, Carlos Alberto Pinto e Miguel Mendes) que são os responsáveis por esta pastoral e, contou também, com uma saudação de um representante dos vicentinos. Em seguida, teve início as atividades, em que cada paróquia da Vigararia de Lousada brindou os presentes com uma pequena surpresa aos demais participantes. Durante as apresentações, o Sr. Bispo, Dom Pio Alves, se juntou aos demais convivas e participou desta radiante e alegre partilha.

Num segundo momento teve início o ponto alto da tarde, a Eucaristia celebrada pelo Sr. Bispo Dom Pio Alves, sendo este um momento para agradecer por mais um ano de atividades e para renovar o compromisso de continuarmos a proporcionar aos que mais precisam, uma vida de conforto, mais qualidade e alegria. Terminou-se esta bela celebração a cantar os parabéns a todos, representados pelos nonagenários presentes.

Seguidamente, foi a vez do lanche convívio, onde o grande refeitório da Escola Secundária, estava repleto para saborear um bom lanche promovido quer pelas paróquias presentes quer pela Câmara Municipal. Ouvidos alguns participantes, estes afirmaram que esta foi uma tarde bem passada e muito agradável. Um bem-haja a todos que fizeram com que os nossos idosos, doentes e frágeis tivessem a oportunidade de vivenciar um tarde diferente e graciosa.

(inf: Diácono Miguel Mendes)