Migrações contadas na “Mala da Partilha”

Integrada na campanha internacional “Partilhar a Viagem”, promovida pelo Papa Francisco e pela Caritas Internacional, o Secretariado Diocesano das Migrações e Turismo recebeu a “Mala da Partilha”, que está a percorrer algumas dioceses do nosso País, para recolha de testemunhos de quem aceitar partilhar a sua aventura migratória.
Todo o Migrante tem uma história de vida. O que se pede é que escrevam relatando a sua experiência de imigração/emigração, que irá certamente contribuir para levar à sociedade uma visão mais esclarecedora do fenómeno migratório, com tudo o que ele provoca de positivo e negativo.

A partida implica sempre alguma rutura (cultural, afetiva) e qualquer rutura é sempre dolorosa. Há depois dificuldades, maiores ou menores, de adaptação, de aprendizagem da língua, procura de trabalho, documentação… E há, felizmente muitas vezes, histórias de sucesso.

Depois de ter passado pela Diocese de Bragança-Miranda, a Mala da Partilha, foi entregue à Diocese do Porto, onde
ficará por duas semanas, à responsabilidade do Secretariado Diocesano das Migrações e Turismo, que, por sua vez, a passará, depois, à Diocese de Aveiro.

A Mala da Partilha passará pelas dioceses que aderiram e no final do percurso, em Maio, a Caritas Portuguesa entrega todas as cartas à Caritas Internacional, promotora deste evento mundial, e esta por sua vez, as fará chegar ao Vaticano, às mãos do Papa Francisco.

A passagem da Mala da Partilha à Diocese de Aveiro será feita no próximo dia 17, na Igreja das Carmelitas, na Eucaristia das 15.30h, presidida pelo padre Artur Jorge, assistente do Secretariado Diocesano da Pastoral das Migrações e Turismo