Papa: em março rezar pelos cristãos perseguidos

Igreja sírio católica de São Tomé na antiga cidade de Mossul

No “Vídeo do Papa” de março, Francisco pede a oração dos fiéis pelos cristãos perseguidos, lá onde a liberdade religiosa e os direitos humanos não estão garantidos.

 “Talvez seja difícil de acreditar, mas hoje há mais mártires do que nos primeiros séculos” – diz o Santo Padre.

Segundo o relatório sobre Liberdade Religiosa no Mundo, da fundação pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), os cristãos são o grupo mais perseguido do mundo. Este direito fundamental do ser humano está ameaçado gravemente em 38 países, 21 dos quais estão classificados como perseguição.

(inf: Vatican News)