Universidade do Porto ultrapassa recorde de estudantes internacionais

A Universidade do Porto recebeu, este ano letivo, o maior número de estudantes internacionais da sua história. Mais de 5600 estudantes e investigadores internacionais, vindos de mais de 90 países, chegam para realizar um curso completo ou um período de mobilidade de seis meses a um ano, ao abrigo de programas como o conhecido Erasmus+. Um número que corresponde já a 18% da comunidade académica da U.Porto.

Os mais de 1000 estudantes internacionais que acabam de chegar à Universidade neste segundo semestre foram recebidos no edifício da Reitoria (Praça Gomes Teixeira, aos Clérigos), na sexta-feira, dia 22 de fevereiro numa sessão de boas-vindas que esteve a cargo de Maria de Lurdes Correia Fernandes, Vice-Reitora para as Relações Internacionais e Formação e Organização Académica, seguindo-se um lanche-convívio.

Numa altura em que os dados ainda não estão totalmente fechados, sabe-se já que os mais de 5600 estudantes internacionais chegam, maioritariamente, do Brasil (3324 estudantes), de Itália (327), de Espanha (280), da Alemanha (143) e da Polónia (114). Mas os estudantes internacionais da Universidade do Porto chegam de todas as latitudes e longitudes, incluindo países tão díspares como a Austrália, Chile, Colômbia, Egito, Estados Unidos da América, Índia, Israel, Macau, México, Rússia, Senegal ou Sri Lanka.