Solidariedade e Amizade num Jipe para a Guiné-Bissau (c/ audio)

Quatro sacerdotes do Porto partiram para a Guiné Bissau para entregarem um Jipe no dia 12 de fevereiro. Uma oferta da diocese e do bispo do Porto. Seguem também nesta viagem quatro leigos, da ONG “Na Rota dos Povos”, que oferecerão um veículo pick-up.

Por Rui Saraiva

Solidariedade e Amizade são os valores fortes que levaram no coração os sacerdotes da diocese do Porto que partiram no domingo dia 3 de fevereiro em viagem para a Guiné-Bissau. O objetivo é oferecer um Jipe aos irmãos guineenses.

Devido à sua experiência em operações deste tipo, o padre Almiro Mendes assume, em certo sentido, a coordenação desta viagem solidária e falou aos jornalistas, presentes no Terreiro da Sé do Porto para a partida desta missão, revelando a sua alegria por esta aventura. Assinala que esta missão não é sua, mas “do amor que algumas pessoas sabem traduzir desta maneira tão bonita”.

“O nosso bispo oferece este Jipe para a Guiné. É uma atitude verdadeiramente profética. A mim apenas me incumbe traduzir este amor levando este Jipe até à Guiné. É uma aventura que nem é rápida nem é fácil mas é imperativa. Porque se impõe a nós os humanos sermos a mais bela expressão do humano bom e do divino excelente” – afirmou.

O padre Almiro Mendes, que é pároco de Canidelo em Vila Nova de Gaia e que já levou 5 outros jipes para África, revelou que um Jipe na Guiné “não é um veículo de luxo”, como consideramos em Portugal, mas “um carro que salva vidas”.

Nesta aventura missionária partiram com o padre Almiro Mendes três outros sacerdotes e párocos da Diocese do Porto: o padre Luciano Lagoa da Trofa, o padre André Ferreira da Lixa e o padre António Teixeira de Oliveira do Douro.

Quatro leigos seguiram também nesta viagem solidária levando uma Pick Up oferecida para a ONG “Na Rota dos Povos”. São eles: António Ribeiro, Tito Baião, Luís Pedro e Fernando Lino. Uma viagem de nove dias que atravessará Espanha, Estreito de Gibraltar, Marrocos, Saara Ocidental, Mauritânia, Senegal e Guiné.

Da ONG “Na Rota dos Povos” falou aos jornalistas Tito Baião, um professor que é um veterano da solidariedade internacional e que já visitou 91 países. Revelou que esta ONG, nascida em 2001 dedica-se sobretudo à educação ajudando os jovens guineenses a estudar em Portugal, equipando escolas na região de Tombali, ajudando os órfãos de mães que morrem no parto e ainda oferecendo as refeições a um infantário. Destaque especial para a obra desta ONG na região de Catió.

O bispo do Porto enviou esta missão solidária com a bênção do peregrino e sublinhou aos jornalistas que esta oferta de um Jipe à Guiné- Bissau poderá motivar a sociedade civil para “uma cooperação cada vez mais alargada”.

D. Manuel Linda viajará para Bissau de avião no dia 12 de fevereiro, para entregar pessoalmente o Jipe, bem como uma substancial oferta às Missões da Guiné-Bissau. O bispo do Porto vai visitar as dioceses de Bissau e Bafatá e algumas Missões levando solidariedade e amizade.

Em pleno Ano Missionário a diocese e o bispo do Porto testemunham a sua fé desta forma, indo ao encontro dos irmãos da Guiné-Bissau.

Uma ambulância oferecida pelos Bombeiros Voluntários de Vila Meã seguirá também nos próximos dias para a Guiné-Bissau.